6 dicas sobre o picolé

Olha o picolé geladinho! Quem vai querer? De limão, uva, abacaxi, coco, kiwi e até de amendoim. O picolé é vendido em qualquer lugar e faz o maior sucesso no verão.

Além de saboroso e refrescante, o famoso sorvete de palito é uma excelente opção para o lanchinho da manhã ou da tarde e ajuda a manter o corpo hidratado nos dias de altas temperaturas. “Os picolés de fruta, por exemplo, são excelentes alternativas para substituir os sorvetes cremosos. Além de não ultrapassarem mais de 60 calorias, são também considerados fontes importantes de hidratação”, explica a nutricionista do Centro Integrado de Terapia Nutricional (Citen), Amanda Epifânio.

Mas, se você ainda acha que o picolé é apenas um quebra-galho pra quem não pode tomar o sorvete cremoso, surpreenda-se com todos os benefícios da guloseima no palito:

comer-na-praia-o-que-comer-lanche-650x350

É refrescante

O picolé é uma das opções mais simples e gostosas para se refrescar no verão. A dica para quem quer se refrescar é escolher os sabores de frutas cítricas. Além de pouco calóricos, eles aumentam mais a sensação de frescor. Depois do de limão, que é o primeiro do ranking dos mais leves e refrescantes, vem o de abacaxi e o de tangerina.

Mata a sede

Como ele é composto basicamente por suco de frutas, seu teor de água é bastante elevado e, por isso, ameniza a sede. “Porém, o teor de açúcar presente no suco pode comprometer um pouco esta sensação. Uma boa opção para isso é diminuir o teor de açúcar e usar apenas o doce natural das frutas.

Hidrata

Por ser feito com frutas e água, ele serve como fonte de hidratação, já que fornece os nutrientes necessários ao organismo para hidratar e repõe um pouco da água perdida no calor.

Se as crianças não gostam de frutas….

Certamente gostam de picolés! A nutricionista explica que os picolés podem ser uma alternativa inteligente e saudável para incluir as frutas no cardápio das crianças neste verão: As frutas são essenciais em qualquer idade, mas na infância, elas têm papel fundamental para o desenvolvimento dos ossos, na digestão e no fortalecimento do sistema imunológico.

Ao leite: mais nutritivo

Se o picolé já é indicado quando feito à base de suco, quando é incrementado com leite (isso para quem não tem tantos problemas com a balança) deixa o cardápio vitaminado . Com o acréscimo do leite na receita, o picolé ganha mais nutrientes importantes para o organismo, como cálcio e ferro e fica ainda mais turbinado. Outra opção é substituir o leite pelo iogurte desnatado.

Confira o valor calórico dos sabores mais procurados:
Limão: 52 kcal
Abacaxi: 60 kcal
Uva: 60 kcal
Morango: 70 kcal
Coco: 90 kcal
Chocolate: 103 Kcal

Em alta no sabor, em baixa na balança

Sorvete ou picolé? A dúvida entre escolher um suculento sorvete cremoso e um picolé é comum. A nutricionista explica que não é preciso substituir um pelo outro radicalmente, mas que sem dúvidas, o picolé é mais recomendado para quem não quer terminar o verão com uns quilinhos extras. No verão é sempre melhor ingerir alimentos mais leves, não só por estética, mas pela saúde também. O picolé é mais leve e nem por isso menos saboroso.

O picolé é uma ótima opção de sobremesa leve e refrescante. Por serem feitos com água, os sorvetes de frutas são mais magros e podem até servir de alternativa para o lanchinho da tarde, para consumi-los nos intervalos das refeições.

Se você gosta de picolé e quer aprender a fazê-lo em casa, seguem algumas receitinhas caseiras que vão fazer a alegria de toda a família nestes dias quentes de verão.

Artigo do Momento

10 Dicas para Queimar Gordura Abdominal

Queimar Gordura Abdominal não é uma tarefa muito fácil. Porém, também não é uma muito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *